PIEDADE/Abolição

"Por piedade, doutor, troque o nome dessa estação". 
E aí surgiu o bairro PIEDADE que herdou o nome da estação. 
Contam os historiadores que o nome da estação, onde hoje é o bairro, chamava-se Estação Gambá ou Parada do Gambá. Isso ocorreu porque, em uma de suas viagens na expansão dos trens ao subúrbio, D. Pedro II fez uma parada na estação para observar os gambás que passeavam na região. 
Nome estranho para uma estação não é? Isso fez com que muita gente reclamasse, mas foi das mãos de uma moradora, que fez o pedido ao diretor da Estrada de Ferro Central do Brasil, que veio a alteração do nome da estação. Por conta da  primeira frase da carta, o diretor resolveu dar o nome PIEDADE ao bairro, o que foi aceito pelos moradores. Será que foi isso mesmo? É melhor acreditarmos na história...
O fato é que o bairro já foi famoso pela morte trágica de Euclides da Cunha, um dos grandes romancistas brasileiro e autor de "Os Sertões", que foi traído por Anna de Assis com Dilermando de Assis. 
Lembram da minissérie que passou na tv? Se não sabe clique aqui para ficar informado...
É, também,  o local onde está uma das maiores usinas de refino de açúcar do Brasil (Companhia de Açúcar União) e foi neste bairro que surgiu uma das mais famosas universidades do País e a primeira em um subúrbio: a Universidade Gama Filho - UGF
O fato é que Piedade é um bairro tipicamente carioca que bem poderia ter sido uma das inspirações para a música, na voz de Ana Carolina, Gente Humilde de Garoto/Chico Buarque/Vinicius de Moraes.

Dá para continuar na calçada do bairro lendo o site http://pt.wikipedia.org/wiki/Piedade_%28bairro_do_Rio_de_Janeiro%29
Subpáginas (1): PONTO ALMIRANTE BARROSO