CAMPO GRANDE

Big Field para os íntimos...
Campo Grande é outro bairro gigante do município.
Possui, nada mais nada menos do que, 72 sub-bairros. Isso mesmo, SETENTA E DOIS!
Quer conferir quais são? clique aqui
Diz-se que seu nome surgiu originário da Freguesia Rural de Campo Grande local em que o cultivo da cana-de-açúcar e a criação de gado foram levados para a região.
Conta-se, até, que o nome de Matadouro tenha sido dado por conta do abate do gado bovino naquele lugar.
Um dos pontos históricos da região é a Igreja de Nossa Senhora do Desterro, fundada em 1673, local em que se fazia farta distribuição da água de poço que havia nos arredores da matriz.
O bairro possui, principalmente na serra do Mendanha, uma série de cachoeiras e o único rio não poluído do município: o Rio Gandu que é um dos responsáveis pelo abastecimento de água da cidade do Rio de Janeiro.
Apesar de possuir shoppings, teatros, um Ginásio Poliesportivo climatizado, 2 parques de ecoturismo e  escolas de samba, além de ser vizinho do maior campus universitário da América Latina (UFRRJ- Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro), Campo Grande tem baixa densidade demográfica (número de habitantes por quilômetro quadrado).
Foi o bairro, em 2009, com o maior número de lançamentos residenciais do município, e, mesmo assim, como tem mata virgem! É o bairro do verde e da calma!

 Tem mais no endereço http://pt.wikipedia.org/wiki/Campo_Grande_(bairro_do_Rio_de_Janeiro)