FLUINDO MAL‎ > ‎Notícias de 2011‎ > ‎

Notícias de 2011 - 06 - Junho

Governador se restrata?
30/06/2011 - Ontem, na Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), o Governador Sérgio Cabral, dizendo fazer um mea-culpa, percebeu o tamanho do estrago que sua atitude contra o Corpo de Bombeiros causou em sua possível reeleição e, rapidamente, falou em "desarmamento de espírito" e pediu ANISTIA para os bombeiros aos quais chamou de VAGABUNDOS. A Alerj aprovou o projeto de lei que concede  anistia administrativa. O triste é saber que o seu discurso não mudou em relação aos professores da rede estadual, já que pretende cortar o ponto desses profissionais. O ruim é que eles não tem lugar para invadir e a população não sabe que o salário do professor, também, é o menor do país: R$765,66
Bueiros: a saga continua
29/06/2011 - E os bueiros-bomba continuam em plena atividade. Dá até para pensar em grupos terroristas ou sabotagens por conta de ser um problema recorrente na Zona Sul da cidade. O fato é que ontem, 28/06, mais um bueiro explodiu na Rua Senador Vergueiro, no Flamengo. Uma coisa que pode ser analisada é que as últimas explosões, desde 27/04, tem acontecido pela manhã, ou seja, quando a cidade ainda está despertando. Talvez seja um problema de sobrecarga, ou um improvável cabeamento inadequado ou envelhecido. A verdade é que mais que necessitar de manutenção a rede precisa de monitoração. E o temor continua!

25/01/2010 Av Princesa Isabel com N. Srª de Copacabana, em Copacabana: 2 feridos.
26/02/2010 R. Santa Clara, Copacabana: 113 ap, 255 lojas sem luz
08/03/2010 R. do Ouvidor com Uruguaiana, no Centro: 2 feridos
09/03/2010 Av Presidente Vargas, no Centro:  Ruas sem luz
30/03/2010 R. do Ouvidor, no Centro. Não houve feridos.
29/06/2010 R. República do Peru com N. Srª de Copacabana, em Copacabana: 2 feridos.
06/07/2010 R. Figueiredo Magalhães, em Copacabana. Um táxi avariado
14/07/2010 R. Visconde de Pirajá, em Ipanema: Sem feridos
11/08/2010 R. Visconde de Pirajá, em Ipanema: Sem feridos
14/09/2010 R. do Senado, no Centro: Não houve feridos
14/09/2010 R. Frei Caneca, no Centro: Não houve feridos
29/09/2010 R.  Honório de Barros, com Osvaldo Cruz, no Flamengo: Sem feridos
28/10/2010 R.  Honório de Barros, com Osvaldo Cruz, no Flamengo: Explodiu outra vez
22/02/2011 Av  Rio Branco com Rua Nilo Peçanha, no Centro: Sem feridos
01/04/2011 N. Srª de Copacabana, em Copacabana: Um táxi destruído
27/04/2011 R. Santo Afonso com General Roca, na Tijuca: Sem feridos
03/05/2011 R. Marquês de Abrantes, no Flamengo: Sem feridos
23/05/2011 R. do Riachuelo, no Centro: Sem feridos
01/06/2011 R. Gomes Freire com Constituição: Fachada destruída
19/06/2011R. Conde de Bonfim, Tijuca: Um ferido grave
25/06/2011 R. Constante Ramos com N. Srª de Copacabana
 28/06/2011 R. Senador Vergueiro, Flamengo: 3 orelhões destruídos


Assaltos em Niterói
28/06/2011 - Quem passear por Niterói, próximo ao Plazza Shopping, tem que tomar cuidado por conta dos inúmeros assaltos que têm ocorrido na região que é um dos cartões postais da cidade. A quantidade de bolsas, mochilas e celulares roubados é tão grande que parte do que é tomado pelos bandidos vão para as pedras da Baía de Guanabara, bem em frente à praça Juscelino Kubitschek. São tantas bolsas jogadas no local que parece um depósito abandonado com vários tipos, tamanhos e modelos. De acordo com os comerciantes locais, falta policiamento mais ostensivo para evitar os assaltos que são mais frequentes nas datas comemorativas. PERIGO
Bondes: Tela sem proteção
27/06/2011 - Triste é saber que uma cidade linda como o Rio de Janeiro aparece na mídia mundial de maneira tão negativa. A morte do jovem turista francês mostra o quão frágil é a segurança oferecida à população. A tela de proteção dos bondes para Santa Teresa, de acordo com  IPHAN, são de responsabilidade da Secretaria de Transportes do Estado e estão, há muito tempo, desgastadas e remendadas. O falecimento do rapaz de 24 anos foi manchete em todo o mundo e o governo, que enfrenta uma onda de greves e suspeita de beneces a empresários, vai ter que explicar como um meio de transporte turístico não consegue oferecer segurança em caso de acidentes. Se é perigoso andar nos estribos dos bondes então tem que haver fiscalização. O curioso é que em cada composição sempre vai um representante da lei na parte de trás do vagão!
Bueiros-bomba (146)
26/06/2011 - A Light voltou à mídia novamente e, desta vez, por conta dos bueiros que continuam explodindo, principalmente na Zona Sul. Ontem, na manhã de sábado, dia 25, 3 bueiros explodiram, em Copacabana, simultaneamente, na esquina da Rua Constante Ramos com N. Srª de Copacabana. A explosão destruiu uma tampa de bueiro e assutou os moradores que ficaram sem energia elétrica. Pela conta da Light eram 150 que iriam explodir, então agora, só faltam 146.

25/01/2010 Av Princesa Isabel com N. Srª de Copacabana, em Copacabana: 2 feridos.
26/02/2010 R. Santa Clara, Copacabana: 113 ap, 255 lojas sem luz
08/03/2010 R. do Ouvidor com Uruguaiana, no Centro: 2 feridos
09/03/2010 Av Presidente Vargas, no Centro:  Ruas sem luz
30/03/2010 R. do Ouvidor, no Centro. Não houve feridos.
29/06/2010 R. República do Peru com N. Srª de Copacabana, em Copacabana: 2 feridos.
06/07/2010 R. Figueiredo Magalhães, em Copacabana. Um táxi avariado
14/07/2010 R. Visconde de Pirajá, em Ipanema: Sem feridos
11/08/2010 R. Visconde de Pirajá, em Ipanema: Sem feridos
14/09/2010 R. do Senado, no Centro: Não houve feridos
14/09/2010 R. Frei Caneca, no Centro: Não houve feridos
29/09/2010 R.  Honório de Barros, com Osvaldo Cruz, no Flamengo: Sem feridos
28/10/2010 R.  Honório de Barros, com Osvaldo Cruz, no Flamengo: Explodiu outra vez
22/02/2011 Av  Rio Branco com Rua Nilo Peçanha, no Centro: Sem feridos
01/04/2011 N. Srª de Copacabana, em Copacabana: Um táxi destruído
27/04/2011 R. Santo Afonso com General Roca, na Tijuca: Sem feridos
03/05/2011 R. Marquês de Abrantes, no Flamengo: Sem feridos
23/05/2011 R. do Riachuelo, no Centro: Sem feridos
01/06/2011 R. Gomes Freire com Constituição: Fachada destruída
19/06/2011R. Conde de Bonfim, Tijuca: Um ferido grave
25/06/2011 R. Constante Ramos com N. Srª de Copacabana


Postes em queda
24/06/2011 - A cada dia que passa uma nova surpresa desagradável aparece na cidade. Desta vez, foi um poste, que por estar com a base aprodecida desabou sobre duas pessoas. O acidente aconteceu na quarta-feira, dia 22, na Rua Dianópolis, em Jardim Paraíso II, bairro do município de Mesquita, Baixada Fluminense do Rio de Janeiro quando uma senhora voltava, com uma menina de 4 anos, de um posto de saúde quando o poste da Light caiu sobre a menina e a matou instantaneamente. Estranho é pensar que no Estado do Rio ainda sejam utilizados postes de madeira, ainda mais se for pensado que a rua não possui pavimentação. A concessionária pode até substituir os postes de madeira pelos de cimento, mas não substituirá a vida perdida.
Maus serviços
22/06/2011 - Mais uma vez o Metrô aparece na mídia de forma negativa. Não há como negar que o serviço vem piorando a cada ano e que as alterações efetuadas nas linhas não apresentaram resultado satisfatório. A tendência, com a expansão da linha 1 até a Barra, é que seja impossível de se embarcar nas composições nas estações intermediárias, como Copacabana, por exemplo. Ontem, por causa de uma pane no sistema de abastecimento de energia, as duas linhas ficaram paradas das 16h às 19h e milhares de passageiros tiveram que buscar a solução nos transportes alternativos. A preocupação é que os grandes eventos estão chegando e bueiros explodem, esgotos transbordam, trens enguiçam, metrô para, aeroportos fecham...
Ciclovia de obstáculos
21/06/2011 - As ciclovias foram criadas pela prefeitura para possibilitar passeios e a prática de exercícios para a população, além de servir como meio de transporte para quem deseja ir de bicicleta para o trabalho. No entanto, não se sabe quem, nem como e nem por que, na ciclovia que foi construída na Estrada dos Bandeirantes, em Vargem Grande, foram colocados vários postes de energia elétrica no MEIO da pista. EXATAMENTE no meio! Talvez seja alguma nova atividade para treinar o ciclista em situações adversas. O fato é que os postes estão lá, energizados, e a ciclovia sem uso, claro! Parodiando Drummond: No meio do caminho tinha um poste. Tinha um poste no meio do caminho!
A volta do Bueiro-Bomba
20/06/2011 - E os bueiros-bomba continuam causando o terror na cidade. Desta vez a explosão foi na Rua Conde de Bonfim, na Tijuca, às 5h da manhã de domingo, 19/06, e deixou um funcionário da Light, concessionária que administra o fornecimento de energia da cidade, com 40% do corpo queimados. O problema é que  a população está andando sobre campo minado. Se esse estava na estatística de 150 bueiros que a Light afirmou que iam explodir, agora restam 149.  Falta uma placa CUIDADO! BUEIROS

25/01/2010

Av Princesa Isabel com N. Srª de Copacabana, em Copacabana: 2 feridos.

26/02/2010

R. Santa Clara, Copacabana: 113 ap, 255 lojas sem luz

8/03/2010

R. do Ouvidor com Uruguaiana, no Centro: 2 feridos

09/03/2010

Av Presidente Vargas, no Centro:  Ruas sem luz

30/03/2010

R. do Ouvidor, no Centro. Não houve feridos.

29/06/2010

R. República do Peru com N. Srª de Copacabana, em Copacabana: 2 feridos.

06/07/2010

R. Figueiredo Magalhães, em Copacabana. Um táxi avariado

14/07/2010

R. Visconde de Pirajá, em Ipanema: Sem feridos

11/08/2010

R. Visconde de Pirajá, em Ipanema: Sem feridos

14/09/2010

R. do Senado, no Centro: Não houve feridos

14/09/2010

R. Frei Caneca, no Centro: Não houve feridos

29/09/2010

R.  Honório de Barros, com Osvaldo Cruz, no Flamengo: Sem feridos

28/10/2010

R.  Honório de Barros, com Osvaldo Cruz, no Flamengo: Explodiu outra vez

22/02/2011

Av  Rio Branco com Rua Nilo Peçanha, no Centro: Sem feridos

01/04/2011

N. Srª de Copacabana, em Copacabana: Um táxi destruído

27/04/2011

R. Santo Afonso, comGeneral Roca, na Tijuca: Sem feridos

03/05/2011

R. Marquês de Abrantes, no Flamengo: Sem feridos

23/05/2011

R. do Riachuelo, no Centro: Sem feridos

01/06/2011

R. Gomes Freire com Constituição: Fachada destruída

19/06/2011

R. Conde de Bonfim, Tijuca: Um ferido grave


Caxias e o lixo
17/06/2011 - Caxias já foi famosa por conta do imenso lixão de Gramacho que foi tema de um documentário brasileiro que concorreu ao Oscar(2011). Parece que o governo da cidade gostou da exposição da cidade no cenário internacional. Apesar da remoção do lixão para Seropédica o município continua com o lixo, só que, agora, espalhado pela cidade. Quem passa pelo Hospital Municipal Moacyr do Carmo, no bairro Vila Operária, ou na Avenida Presidente Kenedy, ou em Parada Morabi, ou em Xerém, ou ainda pelas ruas do bairro Pantanal verá dezenas de sacos de lixo inclusive com porcos se alimentando dos dejetos expostos nas ruas. Aí começa o jogo de empurra. A prefeitura diz que a culpa é das empresas Delta e Locanty. A Delta diz que cancelou o contrato com a prefeitura. A Locanty, por sua vez, afirma que é responsável apenas pela coleta de metade do lixo do município.  E o povo? Porque não reclama?
Sem saída
16/06/2011 - Sabe quando se quer sair de casa e não consegue por causa de uma fila interminável de veículos estacionados irregularmente? Pois aqui no Rio existem ruas que estão nesta situação. Na Santos Titara, no Méier, é o dia inteiro. A Estrada de Jacarepaguá, defronte ao Prezunic, fica sem  as calçadas para os pedestres. Na Apolônia Pinto, em Jacarepaguá, o movimento começa às 6:30 da manhã e se estende até à noite e, tal como a  Alberto Pasqualini, esquina com a Comandante Siqueira, fica com apenas uma faixa de rolamento. São tantas ruas assim que fica difícil de enumerar. A solução é ligar para o 1746.
Rio dos rios ruins
15/06/2011 - Quem passa por São Gonçalo, na Rua Luiz Pereira dos Santos, bairro Boa Vista, se depara com uma cena impressionante que é o Rio Imboaçu. Na verdade não se consegue identificar o rio por conta de o mesmo ser um verdadeiro depósito de lixo. É o retrato do atraso e do descaso do governo e das pessoas que não se preocupam com as questões ambientais urbanas. Os moradores reclamam que a coleta de lixo na cidade é precária e uma parcela dos moradores simplesmente jogam os dejetos no rio, colocando a população em risco e sujeita a transbordamentos em caso de chuva forte. Sem contar que o local é próximo ao posto de saúde e a um colégio estadual.
Quem manda é o Jacob
14/06/2011 - Os especialistas em tranpsorte urbano não concordam que as Trans-alguma-coisa sejam a melhor opção. Só o Governo do Estado e a Prefeitura, talvez por estarem presos aos interesses das empresas de ônibus que exploram a região, acreditam que uma cidade com 10milhões de pessoas se locomove melhor de ônibus do que de trens ou metrô. O presidente do Conselho Regional de Engenharia Arquitetura e Agronomia, Agostinho Guerreiro e o professor de Engenharia da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Fernando MacDowell, esperavam transportes sobre trilhos, assim como a população de Jacarepaguá, Recreio, Barra de Guaratiba e Ilha do Governador. Mas quem manda é o Jacob Barata (dono de uma frota estimada em 4200 ônibus). Então TOME ÔNIBUS!!!
Ruas de Lama
13/06/2011 - Algumas ruas da região de Itaboraí que não possuem pavimentação tornam-se um problema para os moradores. Basta um dia de chuva que a lama formada impede que seja possível trafegar pelas ruas, a pé ou de carro, que ficam intransitáveis. Isso é comum em Iguaba, Araruama, Rio Bonito, Tanguá e em todos os lugares em que o calçamento não chegou. O problema é que os moradores não investem no lugar e os veranistas desaparecem, afinal, para ficar na lama é melhor ficar em casa. E o IPTU? Vai para onde?
Salário presidiário
10/06/2011 -Para quem não sabe um preso comum que tenha filhos com idade até 24 anos recebe, por filho, R$862,11 como auxílio reclusão. Mesmo em regime semi-aberto o preso, com 4 filhos receberá R$3.448,44, ao passo que um bombeiro recebe pouco mais de R$1.000, independente da quantidade de filhos que tenha. O triste é que quem defende o povo recebe menos do que quem comete crimes. E o Governador quer que ninguém seja solidário! Clique aqui e veja o valor atual do auxílio reclusão.
Novas linhas de ônibus
09/06/2011 - Os cariocas já perceberam que o número de identificação das linhas de alguns ônibus mudou. Isso tem gerado uma série de transtornos para a população, porque alguns números atuais correspondem ao que pertencia a outra linha. Com isso teve gente que queria ir para Realengo indo parar em Jacarepaguá. A confusão é tão grande que ninguém se sente seguro em pegar um coletivo sem fazer inúmeras perguntas aos motoristas. A falha é que NÃO HOUVE divulgação massiva sobre os novos números. Os letreiros dos ônibus só podem ser lidos quando estão a menos de 30 m e aí, se o veículo não parar para alguém descer, espere o próximo. Será que pensaram nos idosos?
Para saber as novas numerações clique na região desejada:

Esgoto: aumentando a tabela
08/06/2011 - Nem está chovendo e o problema dos esgotos continuam aflorando.

1.       Os moradores e comerciantes da Rua Barão de São Félix, no Centro, estão lutando com um vazamento de esgoto a mais de um mês.

2.      No coração de Ipanema, na Rua Barão da Torre, entre a Farme de Amoedo e a Vinicus de Morais, o esgoto abundante  já atinge a portaria de prédios.

3.      Há algumas semanas que, na Tijuca, no cruzamento da Rua Uruguai e Av. Maracanã, um bueiro transborda espalhando o mau-cheiro pela região.

4.      Em São Conrado as línguas negras tomam conta da areia da praia e atingem o mar contaminando tudo.

O dia que começar vazar tudo junto vai ser um HORROR!


Ponte para o nada
07/06/2011 - No Japão, após a Tsunami, uma estrada que havia sido completamente destruída foi refeita em 6 dias. Isso mesmo, 6 DIAS. No Brasil esse prazo varia entre alguns meses e alguns anos. É o caso do município de Silva Jardim em que uma ponte de madeira, edificada pelos moradores sobre o Rio Capivari, na Estrada Rio das Pedras, foi retirada pela prefeitura para a construção de outra. A ponte de concreto foi feita, mas a população da região está há 2 anos esperando pelo nivelamento da cabeceira da pista para poderem usá-la . De acordo com os moradores a construção está abandonada. Já a prefeitura diz que a obra é da competência do Governo do Estado. Enquanto isso as pessoas atravessam o rio a pé!

Nem indo nem vindo
06/06/2011 -Um acidente na Linha Vermelha na altura do Caju, hoje pela manhã, e com uma vítima fatal, mostra a fragilidade do escoamento de trânsito da cidade. Há muito que se aponta os problemas de engarrafamentos na cidade e pouco se tem avançado.  As Trans-qualquer-coisa que vêm por aí vão manter o transporte coletivo, principalmente para quem mora na Zona Oeste da cidade, em cima de pneus e com menor capacidade, que os trens e o metrô, de transportar passageiros . Infelizmente o acidente de hoje foi a causa do caos no trânsito que prejudicou quem vinha da Ilha, Baixada, Zona Oeste e Zona Norte em direção ao Centro. Ontem, domingo, 05/06, por volta das 15h, dois acidentes sobre a ponte que liga a Linha Vermelha ao Hospital do Fundão, causou um engarrafamento e atrapalhou a quem se dirigia ao Aeroporto Internacional Tom Jobim e ao Aeroporto Santos Dumont.  Os acidentes refletem que O SISTEMA VIÁRIO ESTÁ A BEIRA DO COLAPSO.
BUEIROS-GÊISERS
03/06/2011 - Já foram apontados diversos problemas de vazamento de esgoto no estado e eles continuam aparecendo.  Como noticiando ontem, 2 de junho, o perigo está sob nossos pés. Ninguém está seguro em andar por uma rua sabendo que, a própria concessionária de energia elétrica (Light) assumiu que, 130 bueiros podem explodir. Por outro lado a Cedae, responsável pela manutenção do sistema de abastecimento e escoamento de águas da cidade, deveria TAMBÉM se preocupar com a quantidade de bueiros-gêisers que jorram esgoto por toda a cidade. No Rio Comprido, a Rua Cândido de Oliveira está com um vazamento, segundo os moradores, a mais de um ano. Isso está parecendo campo minado.
Também há uma cronologia:

03/11/2010

Rua Ernani Cardoso, Cascadura

16/02/2011

Rua Virgem Peregrina, Piedade

31/03/2011

Estrada do Iguaçu, Miguel Couto, Nova Iguaçu

31/03/2011

Rua Antônio Basílio, Tijuca

15/04/2011

Travessa Abdon, Cidade de Deus

17/04/2011

Praça Azevedo Cruz, Niterói: Rompimento da estação de tratamento

28/04/2011

Barão de São Félix, Centro

02/05/2011

Rua Ernani Cardoso, Cascadura

04/05/2011

Rua Aristides Lobo, Rio Comprido

12/05/2011

Rua da Borracha, Parque São Vicente, Belford Roxo

16/05/2011

São Francisco I e II, Km-32, Nova Iguaçu

24/05/2011

Rua João Lacourt, Pendotiba

30/05/2011

Rua Pedro Américo, Catete

02/06/2011

Rua Cândido de Oliveira, Rio Comprido: Vazamento há um ano


BUEIROS-BOMBA
02/06/2011 - O Rio de Janeiro vem enfrentando uma série de problemas viários como buracos, enchentes e calçamentos.  Mas o perigo está sob os nossos pés, mais precisamente, nas galerias de passagem dos cabos de energia elétrica. Ontem, por volta das 15h30, mais um bueiro explodiu,  desta vez, na Rua Gomes Freire, esquina com a Rua da Constituição, Centro do Rio, levantando labaredas de 6m de altura destruindo totalmente a fachada de uma das lojas. A cronologia  é preocupante:

25/01/2010

 Av Princesa Isabel com N. Srª de Copacabana, em Copacabana: 2 feridos.

26/02/2010

 R. Santa Clara, Copacabana: 113 ap, 255 lojas sem luz

8/03/2010

 R. do Ouvidor com Uruguaiana, no Centro: 2 feridos

09/03/2010

 Av Presidente Vargas, no Centro:  ruas sem luz

30/03/2010

 R. do Ouvidor, no Centro. Não houve feridos.

29/06/2010

 R. República do Peru com N. Srª de Copacabana, em Copacabana: 2 feridos.

06/07/2010

 R. Figueiredo Magalhães, em Copacabana. Um táxi avariado

14/07/2010

 R. Visconde de Pirajá, em Ipanema: Não houve feridos

11/08/2010

 R. Visconde de Pirajá, em Ipanema: Não houve feridos

14/09/2010

 R. do Senado, no Centro: Não houve feridos

14/09/2010

 R. Frei Caneca, no Centro: Não houve feridos

29/09/2010

 R.  Honório de Barros, com Osvaldo Cruz, no Flamengo: Não houve feridos

28/10/2010

 R.  Honório de Barros, com Osvaldo Cruz, no Flamengo: Explodiu outra vez

22/02/2011

 Av  Rio Branco com Rua Nilo Peçanha, no Centro: Não houve feridos

01/04/2011

 N. Srª de Copacabana, em Copacabana: Um táxi destruído

27/04/2011

 R. Santo Afonso, comGeneral Roca, na Tijuca: Não houve feridos

03/05/2011

 R. Marquês de Abrantes, no Flamengo: Não houve feridos

23/05/2011

 R. do Riachuelo, no Centro: Não houve feridos

01/06/2011

 R. Gomes Freire com Constituição: Fachada destruída


VAN x PREFEITURA
01/06/2011 - Enquanto algumas cidades, como Casimiro de Abreu, aderiram ao transporte alternativo a Prefeitura do Rio de Janeiro prefere o embate. Ontem os proprietários de vans fizeram uma passeata no Centro do Rio contra o modelo de licitação feito pela Prefeitura. Segundo a Secretaria Municipal de Transportes, vans e kombis NÃO poderão mais circular e terão que ser substituídas por micro-ônibus  de, no mínimo, 25 passageiros. Isso significa que as vans atuais estão condenadas a saírem de circulação e parece ser uma nítida posição para entregar o transporte aos CARTÉIS DOS ÔNIBUS como a REDENTOR, por exemplo. A manifestação foi em frente à Câmara dos Vereadores, local em que foi entregue uma carta ao Presidente da Comissão de Transportes, Sebastião Ferraz. Há muitas correções a serem feitas neste tipo de transporte, mas se o GOVERNO regulamentou, colocou faixas nas vans e fazem vistoria nelas é porque as regras propostas foram cumpridas. Se o Prefeito ou o Governador morassem na Zona Oeste, principalmente, veriam o que os moradores sofrem com os MONOPÓLIOS dos empresários de ÔNIBUS que, veladamente, não deixam chegar nem TRENS nem METRÔ em certas regiões.